Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind


Maiores Divindades de Faerûn


Arte por Mark Smylie
Clique para abrir imagem maior
(Imagem: Faiths and Pantheons)


(Grande Deus)
Lorde dos Mortos, Juiz dos Condenados

Símbolo: Braço esquelético segurando a balança dourada da justiça
Portifólio: Morte, os mortos.
Domínios: Morte, Destino, Lei, Proteção, Viagem.
Arma Favorecida: "Toque Fatal" (espada bastarda)

Kelemvor orienta a essência dos mortos para seus lugares no círculo da existência. Diferente dos antigos deuses da morte, ele não é maligno ou mistérios. Ele promete que os mortos serão julgados de maneira justa. Simpático, comunicativo, sério e às vezes severo, seu principal defeito é resolver os problemas com uma ação direta e frequentemente não antecipar as conseqüências negativas de sua atitude.

A igreja de Kelemvor ajuda os moribundos, os mortos e suas famílias. Seus membros assistem funerais, enterros, cuidam para que a vontade dos mortos sejam respeitadas e enaltecem os seus feitos. A igreja clama a propriedade de todos que morreram sem deixar testamento nem herdeiros, para que o seu trabalho possa continuar. A igreja marca locais de doença com avisos, caça criaturas morta-vivas para destruí-las, recruta aventureiros para a defesa contra monstros que causem muitas mortes e (raramente) garantem uma morte suave e sem dor para aqueles cuja morte é uma dádiva.

Clérigos de Kelemvor rezam pelos seus feitiços ao por-do-sol. Eles tem seu dia sagrado no dia do Encontro dos Escudos (Shieldmeet) e no Banquete da Lua (Feast of the Moon). Ambas cerimônias envolvem a narração de feitos de mortos que devem ser relembrados. O restante dos rituais da igreja está relacionado com mortes, funerais e velórios.

História/ Relacionamentos: Kelemvor obteve seu portifólio de Cyric (que conheceu quando era um mortal) após um erro que o deus cometeu. Cyric odeia Kelemvor e luta para obter o que perdeu e Kelemvor em troca luta contra Cyric. Ele também luta contra Talona por muitas mortes inoportunas que ela tem causado e contra Velsharoon pelas criaturas morta-vivas que representa. Mystra, que conheceu como mortal, e Jergal, que grava a passagem dos mortos, são seus aliados.

Dogma: Reconheça que a morte é parte da vida. Não é um fim, mas um começo, não uma punição, mas uma necessidade. A morte é um processo ordenado, sem enganos, ocultismos ou casualidade. Ajude os outros a morrerem com dignidade, no momento correto, e nunca antes. Fale contra aqueles que prolongam a vida artificialmente além dos limites naturais, como os mortos-vivos. Faça honra aos mortos, por suas lutas em vida para levar Faerûn para onde ela está agora. Esquecê-los é esquecer onde você está agora e porquê. Não deixe nenhum humano morrer de morte natural em Faerûn sem ter um clérigo de Kelemvor ao seu lado

Nos Últimos Dias de Glória:

Kelemvor, antes de ascender a divindade, fez parte da Comitiva durante o Tempo das Pertubações.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.